Casarão construído por barões do café em Campinas será revitalizado

Imprimir

Um prédio situado na Rua Barão de Parnaíba, próximo à antiga rodoviária de Campinas, interior de São Paulo, vai mudar de endereço. O projeto de revitalização do centro histórico vai reconstruir o casarão erguido por barões do café há mais de um século, sem perder os traços originais da arquitetura, no bairro Carlos Gomes. "Eu acho que Campinas não pode perder um bem cultural desse, um prédio que tem mais de 120 anos e faz parte da história do café", ressalta. Para alcançar o resultado, engenheiros e arquitetos farão uso de um banco de fotos do local.

O empresário Carlos Andreani comprou todo o material do prédio que já serviu de depósito de café, madeira e mais recentemente transformou-se em estacionamento e alvo de vandalismo. Em virtude da fragilidade, telhas, por exemplo, são retiradas com extremo cuidado por uma equipe de obras. Quando escuta a palavra demolição, o supervisor de obras Cícero Lopes adota tom didático para mostrar que o termo é incorreto. "Demolição não se aproveita nada. Aqui vai ser desmontado peça por peça, desde o telhado até o último tijolo". A previsão é de que a desconstrução seja feita em até dois meses.

Quando fala da escolha do novo local,  o empresário apega-se à necessidade de atrelar referências históricas. "Uma forma de preservar bens culturais é pegar um prédio que não tá bem estruturado, mal localizado, desmanchá-lo e reconstruí-lo em outro local. Aí você tem eternamente a preservação". O modelo, explica Andreani,  foi observado durante visitas ao Nepal.

Sobre o que será feito no atual espaço da Rua Barão de Parnaíba, o presidente do Instituto de Desenvolvimento de Campinas, Flávio Costa Vieira, afirma que será construído um calçadão que interligará o complexo empresarial do antigo espaço, localizado no Centro, ao novo Terminal Rodoviário de Campinas Ramos de Azevedo, no bairro Vila Industrial. "Faz parte do plano de revitalização que nós aprovamos nessa região", explica.

Fonte: G1 Campinas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *