Campeão do Concurso de Qualidade BSCA 25 anos ganha um ECO SUPER da Pinhalense

Imprimir
Byron Holcomb (centro) entre Reymar Andrade e Claudio Pedroso, da Pinhalense. (Foto: Daniela Collet)
Byron Holcomb (centro) entre Reymar Andrade e Claudio Pedroso, da Pinhalense. (Foto: Daniela Collet)

Foi realizada durante a segunda-feira (21/11), na sede da Sociedade Rural Brasileira (SRB), em São Paulo, a cerimônia de premiação do Concurso de Qualidade BSCA 25 Anos. Idealizado com o objetivo de celebrar o Jubileu de Prata da Associação Brasileira de Cafés Especiais, o concurso se destinou aos produtores de café arábica associados à entidade, com certificação de sustentabilidade vigente, e a aquisição dos cafés premiados foi garantida pelas empresas associadas.

O evento premiou os cinco melhores colocados da categoria Naturals (cafés colhidos e secos com casca) e os cinco melhores da Pulped Naturals (frutos cultivados por via úmida: cereja descascado, cereja descascado desmucilado ou despolpado), cujas amostras obtiveram nota igual ou superior a 84 pontos na escala de zero a 100 da premiação.

Recém-associada à BSCA e principal patrocinadora do concurso, a Pinhalense premiou o vencedor da categoria Pulped Naturals com seu grande lançamento em 2016: o novo despolpador de café ECO SUPER, equipamento que inova ao dispensar a água no processo de despolpa do café cereja. Reymar Coutinho de Andrade, presidente da empresa, entregou o certificado de 1º lugar a Byron Holcomb, representante da Fal Holdings Participações Ltda., administradora da Fazenda Santa Izabel, em Ouro Fino (MG).

“Para mim, é uma honra muito grande receber um prêmio como este. Tanto pelo reconhecimento da qualidade do café quanto pelo equipamento que recebemos. Há anos, todos me falam sobre a qualidade dos produtos da Pinhalense e acho muito interessante que sejamos parceiros em um projeto que já está em desenvolvimento”, comentou Holcomb.

Sobre a Pinhalense
Líder mundial em tecnologia para processamento de café, a Pinhalense Máquinas Agrícolas conta com três unidades fabris que somam mais de 60 mil m² de planta industrial, em Espírito Santo do Pinhal (SP), onde foi fundada há mais de 66 anos. Com mais de 700 colaboradores, tem máquinas em operação em 92 países para clientes de todos os portes, nos segmentos de café, cacau, castanha, feijão, cereais, pimenta, guaraná e noz macadâmia. Detém mais de 25 patentes em diversas etapas do processamento, da recepção à exportação, e investe permanentemente em pesquisa de novas tecnologias e qualidade, para evolução dos equipamentos e instalações em funcionamento. Mais informações: http://www.pinhalense.com.br/.

Fonte: ADS Comunicação Corporativa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *