Cafeína ajuda na performance, adia a fadiga e facilita a quebra de gordura

Imprimir

A cafeína é um componente químico presente no café, mate, chá verde e em bebidas a base de cola. Ela também passou a ser muito consumida por atletas, depois de atestados vários benefícios para a prática esportiva, como explica a nutricionista Patrícia Davidson.

– A cafeína tem a capacidade de diminuir a percepção de esforço ao exercício físico, assim, a pessoa consegue fazer mais exercício porque tem a sensação de ser mais fácil do que realmente é – disse.

Benefícios já sentidos pelo professor de educação física Eduardo Santos, que toma café a qualquer hora do dia. Seja para dar aulas ou treinar, a xícara é companhia constante.

– Tomo vários cafés ao dia, principalmente antes dos treinos, tanto de ciclismo como de musculação – disse.

Segundo a nutricionista, os benefícios vão além, já que o componente retarda a fadiga ao poupar os estoques de glicogênio muscular. E se o objetivo do exercício é perder peso, o cafezinho dá uma ajuda a mais.

 

– Ela ajuda a quebrar o tecido de gordura, favorecendo a eliminação dos excessos e a perda de peso – constatou.

Mas esses benefícios são vetados para pessoas com problemas estomacais, cardíacos ou de pressão, além daqueles que enfrentam dificuldades para dormir. A nutricionista também alerta para evitar o exagero.

– É comum ver pessoas que tomam duas xícaras de café, depois passam para cinco, seis xícaras. O ideal é manter os efeitos benéficos sem se tornar dependente – finalizou.

 
Fonte: Globo Esporte – Nutrição

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *