Cafeicultura irrigada será tema do XXII CONIRD, no Paraná

Imprimir

As pesquisas desenvolvidas no âmbito do Consórcio Pesquisa Café – cujo programa de pesquisa é coordenado pela Embrapa Café, Unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – Mapa – sobre cafeicultura irrigada serão discutidas durante o XXII Congresso Nacional de Irrigação e Drenagem (CONIRD), que acontece dos dias 04 a 09 de novembro, no Centro de Eventos de Cascavel, Paraná.

O evento, cujo tema deste ano é “Cooperação e inovação para o desenvolvimento da agricultura irrigada”, tem como objetivo o fortalecimento do debate entre pesquisadores, estudantes, técnicos e agricultores em favor do desenvolvimento sustentável do agronegócio aliado à agricultura irrigada, gestão dos recursos hídricos, manejo da agricultura irrigada, arranjos produtivos e comerciais, visando ao aumento de produtividade, inclusão social e geração de riquezas e oportunidades de negócios para o setor rural.

Estão programadas nove oficinas, quatro conferências, três seminários e dias de campo. O café será um dos temas da oficina 7 “Culturas Perenes Irrigadas: café, citrus, uva e outras fruteiras”, durante a qual serão apresentadas tecnologias e inovações recentes relacionadas às boas práticas agrícolas visando a sustentabilidade da cafeicultura, manejo de irrigação, uso do estresse hídrico controlado para uniformização da floração e maturação do café, nutrição equilibrada das plantas e custos de produção – para atingir a sustentabilidade do sistema de produção. A oficina terá a coordenação do gerente de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Café, Antonio Guerra, e do diretor técnico científico do Instituto Agronômico do Paraná – Iapar na área de Fitotecnia, Armando Androcioli Filho.

Guerra liderou vários projetos de pesquisa, multidisciplinares e multiinstitucionais, buscando aprimorar o sistema de produção de café irrigado do Cerrado. O resultado foi a geração de inovações no manejo da água de irrigação e nutrição de plantas que possibilitaram maior produtividade, maior qualidade de grãos de café e redução significativa da água e energia usada na irrigação. Na oficina, o pesquisador vai destacar esses sistemas de produção para a alta qualidade na cafeicultura irrigada. Androcioli, por sua vez, vai agregar sua experiência na área de Agronomia, com ênfase em Manejo e Tratos Culturais, principalmente em coffea arabica, café adensado, qualidade do café, espaçamento e coffee production. Também foi classificador e degustador de café pelo Mapa.

Na ocasião, o gerente geral da Embrapa Café, Gabriel Bartholo, vai abordar produção integrada, certificação e sustentabilidade da cafeicultura. O pesquisador Omar Cruz Rocha, da Embrapa Cerrados, instituição participante do Consórcio, vai falar sobre requerimento de água do cafeeiro e o engenheiro agrônomo e consultor da área de café no Sul de Minas e Oeste da Bahia, Guy Carvalho, vai tratar do custo de produção de café.

Também serão palestrantes da oficina os pesquisadores Regina Célia de Matos Pires, do Instituto Agronômico – IAC, que vai falar sobre o “estado da arte” da citricultura irrigada, seu desenvolvimento e os seus desafios para atender aos mercados interno e externo; Marco Antonio Fonseca Conceição, da Embrapa, que vai trazer informações sobre o “estado da arte” da viticultura irrigada, desenvolvimento e desafios para atender aos mercados interno e externo e Francisco M. Spanhol, acrescentando experiências práticas com a cafeicultura e a citricultura irrigadas na agricultura familiar no município de São Jorge do Patrocínio, PR.

As discussões irão subsidiar elaboração de proposta para o fortalecimento da cafeicultura, citricultura e viticultura no Paraná. “Com empenho de todos os envolvidos e participantes do evento, o debate deverá alcançar os objetivos propostos. É o que todos desejam”, declara Bartholo.

São esperados cerca de 600 participantes, entre eles empresários, produtores, lideranças rurais, professores e alunos da graduação e pós-graduação, técnicos e pesquisadores. O evento é uma promoção conjunta da Associação Brasileira de Irrigação e Drenagem (ABID), Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Paraná, Instituto Agronômico do Paraná (Iapar) – instituição participante do Consórcio -, Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Instituto de Águas do Paraná, Coopavel e ITAIPU Binacional.

Mais informações: (61) 3273 2154 e http://www.abid.org.br/servicos.asp

Fonte: Gerência de Transferência de Tecnologia da Embrapa Café

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *