Cafeicultores substituem a adubação química

Imprimir

A produtora Izabel Cristina Fernandes da Silva, do município de Monsenhor Paulo, no Sul de Minas Gerais, espera colher 200 sacas de 60 quilos de café, o dobro de outras épocas. Além da quantidade elevada, a qualidade também está melhor.

O bom resultado pode ser explicado pela adubação, que na fazenda da Izabel é feita com uma mistura de esterco de galinha, borra de café e bagaço de cana. É a compostagem orgânica que, além de mais barata, ajuda a proteger o meio ambiente.

"Você está colocando produtos que são praticamente componentes da parte agrícola. São restos de borra de café, casca de pinos, matérias que pertencem à natureza", diz o engenheiro agrônomo da Emater Donizetti Couto.

Ao contrário do adubo químico, que precisa ser aplicado três vezes ao ano, a adubação orgânica deve ser feita uma única vez, logo depois da colheita. E o agricultor tem maior flexibilidade para mexer na lavoura: "A gente pode mexer quando faz sol e não somente quando faz chuva", diz o trabalhador rural Marco José Ribeiro.

As ruas de café não podem ser capinadas porque a vegetação mantém a umidade da terra. Para monitorar a lavoura, amostras do solo e das folhas são analisadas a cada três meses, no laboratório da Fundação Procafé, em Varginha.

"Como varia bastante o que está sendo disponibilizado no solo, até no caso da adubação orgânica, a importância dessas análises é saber o que está sendo disponibilizado para a planta. Então, é possível acudir a planta antes de ter um prejuízo na colheita", explica o engenheiro agrônomo da Procafé, Leonardo Bíscaro.

O produtor Juscelino Mendes cultiva o adubo orgânico em sua fazenda. O composto já é usado pelo terceiro ano nos 45 mil pés de café. O custo com a adubação caiu de R$12 mil para R$3 mil: "Eu consegui economizar 80% do químico. Esse é o meu lucro porque hoje é preciso cortar as despesas, então eu decidi cortar as despesas na adubação".

Fonte: EPTV.com – Caminhos da Roça

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *