Cafeicultores querem medida de emergência

Imprimir

O presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Lavras (MG), Eduardo de Carvalho Pena, comenta sobre a reunião do setor, quando os produtores resolveram dar mais um voto de confiança para o governo. Os cafeicultores vão aguardar até dia 14 para terem uma resposta do Ministério da Fazenda e Agricultura.

Eles reivindicam a prorrogação de dívidas e Pepro para o escoamento do café como medidas emergenciais. Os produtores querem vender o café com melhor preço, justifica o presidente do Sindicato. 

 

 

Fonte: Canal Rural via Rede Social do Café

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *