Cafeicultores esperam alta no preço do produto para 2013

Imprimir

O ano de 2012 teve uma safra recorde no setor da cafeicultura, no entanto, os produtores não tiveram muito o que comemorar. De acordo com os representantes das cooperativas, os preços ficaram bem abaixo do negociado em 2011.

O ano terminou com uma safra de pouco mais de 38 milhões de sacas de café arábica. A quantidade foi 19% maior do que a obtida em 2011, ano considerado de safra curta. Neste novo ano, a esperança é que a o preço suba novamente, já que é ano de safra menor. Como a cultura do café é bienal, ela alterna anos de produção boa com outros de redução.

Na fazenda Jacarandá, em Três Pontas (MG), o café plantado em 500 hectares começa a ser colhido em abril de 2013. O produtor Guilherme Miranda espera uma produção de 18 mil sacas e pretende vender cada uma a R$ 400. “É um valor maior do que consegui na safra passada, quando colhi 25 mil sacas e vendi por R$ 370 cada”, disse.

Por outro lado, há quem esteja otimista, como Francisco Figueiredo Filho, presidente de uma cooperativa na cidade. “Estamos com cerca de 800 mil sacas no estoque, mas acredito que o preço não deve demorar para voltar a subir. Esperamos que isso aconteça, para que 2013 seja melhor em termos de faturamento”, comentou.

Cafeicultores esperam alta no preço do produto para 2013 (Foto: Reprodução EPTV / Erlei Peixoto) 

Fonte: G1 Sul de Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *