Cafeicultores do Sul de Minas lançam associação da categoria durante a Femagri

Imprimir
Produtores de café da região se reuniram na tarde dessa quinta-feira (13) para o lançamento da Associação dos Cafeicultores do Sul de Minas (ACAF), no estande da EMATER, na Feira de Máquinas, Implementos e Insumos Agrícolas da Cooxupé (Femagri). O lançamento da associação contou com a presença de produtores e extensionistas da EMATER.

“O principal objetivo da ACAF é a qualificação do produtor rural para que a gente produza um café de excelente qualidade da região do sul de minas dentro das boas práticas que o mundo exige que tenha”, explicou a presidente da ACAF, a cafeicultora de Monte Santo de Minas, Juliana Paulino da Costa Melo.

A associação tem o objetivo de reunir produtores de 149 municípios que compõem a região do Sul de Minas. A entidade tem o apoio da EMATER, Ocemg, AMOG, Sebrae, IFSULDEMINAS, Ufla, Concafé, exportadores e cooperativas.

“O café do sul de minas é famoso no mundo todo como sendo um café de boa qualidade, de uma região própria de café de boa qualidade, mas o marketing disso nunca foi feito da maneira como deveria, porque a gente sempre contou com a fama de ser um bom café e outras regiões acabaram desenvolvendo o seu mercado, outras variedades, outras maneiras de produzir o café e foram obtendo sucesso. A gente hoje está vendendo um café de excelente qualidade quase no preço de commodity, então a gente precisa fortalecer a marca do café do sul de minas. O sul de minas merece esse reconhecimento”, enfatizou Juliana.

Para participar da associação, os produtores devem seguir procedimentos e boas práticas na lavoura.

“ Nós formulamos alguns procedimentos para gente garantir que a produção de qualquer que seja o município respeite as mesmas regras: de boas práticas do cultivo, da regularização da propriedade, do ponto de vista ambiental e tributário. A gente precisa que o cafeicultor ele esteja muito tranquilo de como está a propriedade dele para que ele produza café de qualidade, então teremos algumas regras para serem seguidas”, disse a presidente da ACAF.

Fonte: Portal da Cidade – Guaxupé

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *