Cafeicultores do Oeste da Bahia discutem renovação do cafezal

Imprimir

Na manhã do último dia 20 de abril, cafeicultores da região Oeste da Bahia estiveram visitando a Fazenda Agronol com a finalidade de avaliar e discutir processos de renovação do cafezal. O desafio em pauta é definir os melhores procedimentos e momentos para revigorar a planta de café, a fim desta manter altos padrões produtivos.

Com mais de 15 mil hectares de café arábica sendo cultivado no Oeste, há diversas áreas que passaram ou passarão pelo processo de renovação. Isto porque, o café é uma planta perene, cuja produção deriva de ramos novos, por isso a necessidade de manter uma planta em bom estado de ramificação.

A troca de experiências entre os envolvidos no setor, com a discussão dos procedimentos de renovação bem sucedidos, é fundamental para se tomar uma decisão mais precisa na hora de partir para esta operação, destaca o consultor Luiz Pollo. As dúvidas desta recaem na decisão de podar, decotar, recepar ou replantar o café, em que a longevidade da planta e os custos são as incertezas que preocupam.

A iniciativa de visitas setoriais é da Abacafé – Associação dos Cafeicultores do Oeste da Bahia, que mensalmente reúne seus associados para agendas tecnológicas no campo, a fim de promover intercâmbios entre os envolvidos, suprindo carências que a pesquisa científica não vem atendendo.

Fonte: Abacafé

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *