Cafeicultores do Cerrado Mineiro lançam nova estratégia de marca

Imprimir

Será lançada terça-feira (19), em Uberlândia, a estratégia de marca da Região do Cerrado Mineiro que direcionará o futuro dos negócios voltados para mercados e consumidores que valorizam qualidade, origem, ética e sustentabilidade. A apresentação será feita pela Federação dos Cafeicultores do Cerrado durante evento marcado para às 20 horas no Center Convention – Plaza Shooping e que reunirá cerca de 400 produtores além de prefeitos dos 55 municípios abrangidos pela região, representantes do governo e dos setores de exportação, torrefação e empresas de certificação.

“A qualidade da nossa produção já é reconhecida e valorizada no mercado tradicional exportador e importador, que inclusive paga preços superiores pelos nossos cafés”, diz Francisco Sérgio de Assis, presidente da Federação, lembrando que 70% da produção anual (em média 5 milhões de sacas) são vendidos para torrefadoras de países da Europa, para os Estados Unidos e Japão. “O que pretendemos agora é buscar, junto aos consumidores e novos mercados, o reconhecimento da Região do Cerrado Mineiro como origem produtora de cafés éticos, produzidos em um terroir singular e garantidos por indicação geográfica”, acrescenta o presidente.

A nova estratégia de marca da região do Cerrado, que conta com o apoio do Sebrae-MG, visa agregar mais credibilidade, gerar desenvolvimento, valor e reconhecimento para os cerca de 4,5 mil produtores de 55 municípios que compõe a Indicação Geográfica.  A iniciativa dá continuidade ao Projeto Internacionalização do Café da Região do Cerrado Mineiro, desenvolvido pelo Sebrae-MG. Os trabalhos começaram há cerca de seis anos e foi marcado por um feito inédito: a região foi a primeira e até hoje é a única do país a possuir indicação geográfica para o café.  A certificação determina e garante a origem de procedência da matéria-prima, as características e a qualidade da produção.

 

Fonte: CNC 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *