Cafeicultores do Acre recebem assistência técnica do governo

Imprimir

Em 2013, como parte do programa de fortalecimento da produção de café no Acre, o governo do Acre distribuiu 30 mil pés de café para produtores da região de Manoel Urbano. Durante esse período, os produtores tiveram orientações para o plantio adequado das mudas e os demais tratos culturais que proporcionam um bom desenvolvimento das plantas e, consequentemente, uma melhoria na qualidade do café produzido.

Exemplo desse acompanhamento técnico, foi feito na semana passada, quando algumas propriedades foram visitadas pela engenheira agrônoma da Secretaria Estadual de Agropecuária (Seap), Michelma Lima. Uma das propriedades que recebeu a visita foi a do produtor rural Wemerson Queiróz, morador do Ramal dos 13. Em sua lavoura foram identificados alguns problemas que podem prejudicar a produção.

“Identificamos uma doença que é o ácaro vermelho que sempre acontece quando o verão é muito forte. Quando terminar o período de chuvas vamos entrar com um tratamento químico”, afirma Michelma. Outro dano à lavoura identificado foi uma praga chamada de cochonilha que suga a seiva da planta e prejudica o seu desenvolvimento. “A importância dessas visitas periódicas é que podemos identificar esses problemas com antecedência, orientar como combater e evitar prejuízos à produção”.

Produtor rural recebe orientação de como combater doenças e pragas que atingem lavouras de café (Foto: Leônidas Badaró)

Wemerson Queiróz tem como fonte de renda da família os três hectares de café. “Isso é bom demais. Com essas orientações meu produto vai ter mais qualidade e eu vou poder vender por um preço melhor”.

Produção de café cresce em Manoel Urbano

Além do aumento da produção, José Augusto, gerente regional da Seap, destaca a melhoria na qualidade de café. “Essas orientações resultam em uma qualidade melhor. Nossa produção está crescendo em quantidade, mas também em qualidade. Isso é importante para consolidar a produção de café em Manoel Urbano”.

Fonte: Notícias do Acre

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *