Cafeicultores colombianos agendam data para protestos contra o não pagamento de subsídios

Imprimir

Os produtores de café da Colômbia estão se preparando para iniciar protestos contra o governo no próximo dia 28 de abril, segundo o site Daily Coffee News. O governo não estaria cumprindo a promessa de pagar até US$ 444 milhões em subsídios.

Um representante do grupo chamado "Dignidad Cafetera" afirma que, além dos cafeicultores, produtores de cana-de-açúcar e cacau estão planejando entrar em greve se o governo não atender as demandas. Mesmo com os protestos, eles garantem que a atual colheita não será interrompida.

"Nós não pretendemos interromper a colheita de café, pois precisamos da renda depois de tantos anos de crise", afirmou Victor, representante da Dignidad Cafetera.

Os planos de protestos começaram depois dos encontros da Dignidad Cafetera na cidade de Peñalisa, estado de Antioquia, na semana passada. O grupo está pedindo ao governo para ajudar a anular as dívidas, subsidiar o financiamento agrícola, negociar a mineração em áreas de café, exercer controle mais rigoroso sobre as importações e contrabando de café e reestruturar a Federação Nacional de Cafeicultores (FNC).

Protestos similares aconteceram também durante a colheita da última safra, quando as forças federais de segurança bloquearam estradas, conflitos entre produtores e policiais, além de milhares de dólares de perdas nas safras.

Fonte: Daily Coffee News

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *