Cafeicultores brasileiros aproveitam verão para proteger plantações

Imprimir

O verão é época de proteger os cafezais contra pragas que atacam as plantações no Brasil. Agricultores aproveitam o período para revisar folhas que estão nascendo. No norte do Paraná, a família Rodrigues procura proteger os quatro hectares de café contra a ferrugem, a broca e o bicho mineiro. Os tratos culturais são feitos agora, para garantir a florada de setembro. 

João Rodrigues diz que, para a colheita de maio, a pulverização deve ter pouco efeito, já que o inverno rigoroso deixou danos no cafezal. – Choveu e esfriou fora de época, então a safra reduziu. Fazer os tratos é para a colheita de 2013 – conta o produtor agrícola. Ferrugem não preocupa Brasil – De acordo com o analista de mercado Carlos Amaral, é preciso avaliar o que tratar nos cafezais.

Diferente da Colômbia, onde a ferrugem devastou a safra de café, o Brasil não se preocupa com a praga. No entanto, o produtor precisa estar atento a outras pragas. – Na Colômbia, há cafezais antigos, sem defesa contra a ferrugem, diferentemente do que ocorre aqui. O produtor tem de avaliar o que mais afeta a sua lavoura, para ter qualidade nos grãos – explica Amaral.

O consultor também recomenda moderação no momento de escolher as opções de mercado. Apesar da quebra de safra colombiana, há crise na Europa. – Segurar o café esperando reação de preços é arriscado, já que a Europa reduz o consumo. Dá para vender aos poucos, garantir os preços atuais e negociar algo no mercado futuro – sugere.

Fonte: Canal Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *