Cafeicultor pede atenção do governo para dívidas acumuladas do setor

Imprimir

Café: preços sobem nas bolsas e governo lança recursos do Funcafé para cafeicultor fazer hedge no mercado de futuros. Mas produtor pede para não esquecerem das dividas que sufocam os agricultores.

No estado de Minas Gerais, a seca atinge a produção de café e preocupa os produtores. Frente a uma inversão térmica, com dias muito quentes e noites muito frias, as plantas não resistem e acabam murchando. Segundo o produtor de Coromandel/MG, Sílvio Nisizaki, o clima se mostra bem diferente do ano passado.

Quanto aos recursos do Funcafé, Nisizaki afirma que a verba está contribuindo. Entretanto, diz que a preocupação é com o longo prazo e as dívidas acumuladas que sufocam os cafeicultores.

“Os passivos não nos deixam operar com esses benefícios que o governo está nos dando hoje, nós estamos travados, não temos como operar (…) Se você analisar, nos últimos dez anos em que a gente vem acumulando essas dívidas, o Brasil não diminui a produção. Muito pelo contrário, nós aumentamos a produtividade em uma mesma área. Investimos em tecnologia, em maquinário para tentar sair dessa dívida. É um crime o que estão fazendo com o cafeicultor brasileiro”.

Fonte: Redação Notícias Agrícolas 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *