Café tem forte alta e volta a fechar na casa dos US$ 2

Imprimir

Diante dos efeitos da queda de produção brasileira no mercado de café, produto chegou a US$ 2 em Nova York (Foto: Marcelo Min/Ed. Globo)

As cotações do café na bolsa de Nova York fecharam em forte alta nesta quarta-feira (1/10) e voltaram a bater os US$ 2 por libra-peso, o que não ocorria desde o dia 4 de setembro. Foi a quarta alta seguida do arábica na bolsa de Nova York.

O contrato de dezembro de 2014, mais negociado na bolsa americana, terminou cotado a US$ 2,0040 por libra-peso, uma alta de 705 pontos (que corresponde a US$ 0,0705 por libra-peso). O fechamento ficou próximo da máxima do dia, de US$ 2,01 por libra-peso. A mínima do contrato foi de US$ 1,93. O vencimento de março de 2015 também subiu 705 pontos e terminou cotado a US$ 2,04. Durante o pregão, o contrato registrou mínima de US$ 1,97 e máxima de US$ 2,05.

Foi a quarta alta seguida do mercado em Nova York nos últimos cinco pregões. Um dos principais pontos de incerteza do mercado neste momento está relacionado ao clima no Brasil e seus efeitos sobre a florada da safra 2015/2016, além das consequências da seca ocorrida no início deste ano sobre a produtividade dos cafezais .

Nesta quarta-feira, o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), divulgou que há a possibilidade de boa parte dessas flores “não pegarem” em função do déficit hídrico. Com relação aos preços internos, os indicadores do Cepea registram de alta. O arábica terminou o mês de setembro com valorização de 3,37%, a R$ 470,88 por saca de 60 quilos na terça-feira (30/9).

Outro ponto de alta para as cotações no Brasil é a valorização do dólar, cujo mercado tem sido influenciado pelas expectativas para a política monetária dos Estados Unidos, no ambiente externo e pela corrida presidencial, no cenário interno. Nesta quarta-feira, a moeda americana fechou cotada a R$ 2,48.

Fonte: Estadão Conteúdo via Revista Globo Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *