Café robusta atinge máxima de 4 anos, arábica toca pico de 2 semanas

Imprimir
Os contratos futuros do café robusta na ICE avançaram para máxima desde outubro de 2017 nessa quinta-feira, apoiados pela recente queda nos estoques da bolsa e pela previsão de aumento de consumo da commodity. Os preços do café arábica também fecharam em alta.

O café robusta para novembro fechou em alta de 21 dólares, ou 1,1%, em 1.994 dólares a tonelada, após atingir 1.996 dólares anteriormente, a máxima desde outubro de 2017.

Os operadores disseram que o recente aumento brusco nos preços do café arábica fez com que os torrefadores procurassem aumentar a quantidade de robusta nas misturas onde possível.

O alto custo do transporte de grãos de robusta de produtores asiáticos, como Vietnã e Indonésia, para a Europa também está tornando os estoques de robusta da ICE mais atraentes, acrescentaram.

Os estoques válidos de robusta na ICE permaneceram em 139 mil toneladas, até 25 de agosto, em queda das 145.110 toneladas de um mês atrás.

O comércio de café no Vietnã permaneceu fraco, com as vendas desacelerando à medida que os estoques diminuíram no final do ano de safra, enquanto os suprimentos da Indonésia eram abundantes durante a temporada de colheita, disseram traders.

Café arábica para dezembro avançou 1,65 centavo de dólar, ou 0,9%, para 1,88 dólar por libra-peso.

Fonte: Reuters (Por Marcelo Teixeira)