Café representa 6,6 % nas exportações agrícolas de janeiro a agosto de 2012

Imprimir

O café representou 6,6 % de todas as exportações do agronegócio brasileiro de janeiro a agosto de 2012. O resultado faz parte do Informe Estatístico do Café publicado mensalmente pelo Departamento do Café, da Secretaria de Produção e Agroenergia do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

No entanto, o produto apresentou queda de 21,74% nos oito primeiros meses de 2012, com faturamento de US$ 4,1 bilhões na comparação com o mesmo período do ano passado, quando faturou US$ 5,3 bilhões. O volume embarcado de janeiro a agosto de 2012 teve redução de 17,4%, com 17,6 milhões de sacas de 60 quilos, ante 21,3 milhões de sacas no mesmo período em 2011.

A receita cambial do café verde, que representa 5,9% do total das exportações, também teve uma diminuição de 24,2%. Segundo o diretor do Departamento do Café do Mapa, Edilson Alcântara, esse resultado indica que os produtores brasileiros estão estocando mais café e reduzindo, consequentemente, suas vendas. “Com os problemas de qualidade, em virtude das chuvas, as estimativas são de que essa redução de embarques se confirme ao longo de 2012”, destacou.

O principal comprador de café verde brasileiro continua sendo a Alemanha que, apesar de ser o principal destino das exportações da produção nacional, apresentou queda de janeiro a agosto de 2012 de 27,59%. O segundo principal importador são os Estados Unidos que teve um recuo de 24,13% nas compras do grão. O volume embarcado aumentou para o Reino Unido (13,77%), para a Eslovênia (13,46) e para a Suécia (3,20%).

De acordo com o relatório mensal, o consumo brasileiro de café em 2012 é estimado em 20,4 milhões de sacas, contra 19,72 milhões de sacas em 2011. Os estoques do Funcafé (Fundo de Defesa da Economia Cafeeira) estão, atualmente, em 14 mil sacas.

Clique aqui para acessar o Informe Café de agosto.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social Mapa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *