Café peruano ganha espaço no mercado internacional

Imprimir

A presença do café do Peru nos mercados internacionais vem obtendo um lugar preferencial, principalmente na Alemanha, para onde se destinou 40,4% das exportações por um total de US$ 164 milhões no período de janeiro-agosto de 2010, informou a Oficina de Estudos Econômicos e Estatísticos (OEEE) do Ministério da Agricultura do país.

Outros importantes mercados de exportação foram Estados Unidos, com 20,3% (US$ 82,3 milhões), Bélgica, com 8,9% (US$ 36,1 milhões), Colômbia, com 5% (US$ 20,2 milhões) e Itália, com 3,8% (US$ 15,3 milhões) que, junto com a Alemanha, representam 78% do total do cultivo. Dos 42 mercados aos quais o café peruano foi vendido, quatro deles são novos: São Tomé e Príncipe, Tunísia, Barbados e Eslovênia.

O café é o produto agrícola mais vendido pelo Peru. Segundo os dados acumulados, de janeiro a agosto desse ano, o volume exportado foi de 116 mil toneladas por um valor de US$ 406 milhões. De toda a exportação agrícola peruana, que foi de US$ 1,873 bilhão, os envios de café representaram 22% do total.

Segundo a OEEE, as exportações de café nos primeiros oito meses desse ano cresceram em 51% em valor (US$ 136,5 milhões a mais) com relação ao mesmo período de 2009, sustentadas pelo aumento do preço FOB.

Os dados de exportação alcançados são resultado de uma maior demanda do produto por parte da Europa devido a uma menor oferta do Brasil, Vietnã e El Salvador, além das colheitas tardias na América Central e Colômbia. 

Fonte:Peru21.pe / adaptação CaféPoint

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *