Café: Norte Pioneiro do Paraná recebe certificação de origem

Imprimir

Os cafés especiais produzidos no Norte Pioneiro do Paraná a partir de agora contarão com o certificado de Indicação Geográfica Procedência (IGP), atestado pelo Instituto Nacional da Propriedade Intelectual (Inpi). Segundo o Ministério da Agricultura, a região envolve 45 municípios e tem 7,5 mil cafeicultores, que são responsáveis pela produção de 1,3 milhão de sacas beneficiadas. Somente duas regiões produtoras de café tinham o registro oficial: Cerrado Mineiro e Serra da Mantiqueira, ambas em Minas Gerais.

A certificação atribui identidade própria ao produto, ao garantir a origem, os processos de produção e algumas características sensoriais do café produzido na região, de acordo com as normas estabelecidas pelo Inpi para a concessão do selo de qualidade. O Ministério da Agricultura explica que o certificado representa o reconhecimento das qualidades particulares do produto, agregando valor no mercado nacional e internacional, além de visibilidade e projeção da região no mundo.

Fonte: Agência Estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *