Café: hoje é o dia do nosso Ouro Verde

Imprimir

Neste Dia Nacional do Café gostaria de deixar a minha mensagem de otimismo com relação a este produto que é um dos maiores distribuidores de renda e emprego em nossa região e todo Estado de Minas Gerais.

Dos 853 municípios mineiros, aproximadamente 600 produzem café e muitos deles dependem 100% desta economia.

São milhares de empregos diretos e outros milhares indiretos, principalmente na época de colheita em que movimenta a economia dos municípios, Estado e União.

O Brasil hoje produz 52 milhões de sacas, sendo que consome 20 milhões e exporta de 30 a 32 milhões por ano. É o maior produtor mundial e está prestes a se tornar também o maior consumidor, perdendo somente para os Estados Unidos.

Minas Gerais contribui com 50% desta produção. Se fossemos um país certamente seríamos o maior produtor mundial, com a produção de 26 milhões de sacas anualmente.

Com relação à cidade de Varginha, podemos dizer que é o maior centro de comercialização e preparo de café no Brasil, senão no mundo.

Varginha tem hoje mais de 100 empresas ligadas ao café e conta com os maiores grupos de nível mundial com armazéns e escritórios instalados.

A cidade tem capacidade estática próxima de 6 milhões de sacas e capacidade de preparo de mais de 25 milhões de sacas anualmente. Por aqui são negociados mais de 10 milhões de sacas de toda Minas Gerais e de outros Estados.

Temos um Porto Seco, que este ano almeja-se embarcar mais de 1 milhão de sacas, isto, graças a parcerias entre Receita Federal, Centro do Comércio de Café do Estado de Minas Gerais e empresas.

Mas tudo isto não seria possível sem o ator principal que é o cafeicultor, que com amor e dedicação faz do nosso café um dos melhores.

Sabemos a dificuldade que enfrentam, seja com o clima, preços, colheita entre tantas. O café requer muito investimento e, muitas vezes, o produtor não é recompensado à altura do trabalho, que sabemos que é para entregá-lo pronto para o consumidor.

Nossa esperança é que tenhamos um ano próspero, com boas colheitas, com preços bons e remuneradores, pois aí está a formula para que todos possam usufruir dessa distribuição de renda magnífica.

Parabéns principalmente aos produtores que fazem deste produto o nosso Ouro Verde. Que cada um de nós, ao tomar um bom café, possa lembrar que atrás desta bebida milhares de pessoas garantem seu sustento e de seus familiares.

Muito obrigado ao nosso especial produto Café.

Archimedes Coli Neto
Presidente do Centro do Comércio de Café do Estado de Minas Gerais

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *