Café e açúcar fecham em baixa na bolsa de NY

Imprimir
Confira a seguir como fecharam os negócios com contratos futuros de açúcar bruto e café arábica na bolsa de Nova York (ICE USA) nesta quarta-feira, 02/05. O contrato mais ativo do açúcar, o julho, recuou 0,40 centavo, ou 1,9%, fechando a 20,55 centavos por libra-peso, menor valor de fechamento para o contrato de segunda posição desde 6 de maio de 2011.

O mercado caiu para perto da mínima de 1 ano, devido às vendas especulativas, pressionadas por fundamentos baixistas, segundo corretores. O mercado também foi pressionado pela colheita de cana da região centro-sul do Brasil.

A Índia anunciou nesta quarta-feira que acabará com as restrições sobre as exportações de açúcar. Em Londres, o contrato agosto do açúcar refinado perdeu US$ 10,4, fechando a US$ 560,4 por tonelada.

Café
O contrato julho do café arábica perdeu 1,40 centavo, fechando a US$ 1,8275 por libra-peso. “Há certamente mais café do que as pessoas anteciparam que haveria”, disse um operador nos EUA. “Os diferenciais estão ficando baratos”, disse ele.

O mercado teve poucas alterações e ficou volátil na maior parte da sessão. Houve pressão do fraco complexo das commodities e do dólar firme. Em Londres, o maio do café robusta teve alta de US$ 8, sendo cotado a US$ 1.950 por tonelada.

Fonte: Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *