Café de Ruanda vence o 3º Prêmio Internacional Ernesto Illy

Imprimir
A illycaffè, empresa líder global em café de alta qualidade e sustentabilidade, anunciou ontem à noite, nos Estados Unidos, os campeões da terceira edição do Prêmio Internacional Ernesto Illy. Um júri de especialistas escolheu o café da Estação de Lavagem de Café Ngororero, de Ruanda, representada pela Sra. Philotée Muzika, para o prêmio máximo do evento, o Best of the Best entre finalistas de 9 origens diferentes. Os mesmos finalistas também concorreram à premiação pela escolha dos consumidores, o Coffee Lovers’ Choice, que também agraciou a Estação de Lavagem de Café Ngororero, de Ruanda. Pela primeira vez, na história do Prêmio, ambas as honras foram concedidas a um único lote de café.

Os nove países participantes foram Brasil, Colômbia, Costa Rica, El Salvador, Etiópia, Guatemala, Índia, Nicarágua e Ruanda. Cada um deles contou com três produtores participantes no evento. Antes do anúncio do Best of the Best e do Coffee Lovers’ Choice, a illycaffè revelou os vencedores de cada origem, também em Nova York. Entre os brasileiros, o campeão foi Raimundo Dimas Santana, produtor das Matas de Minas, representado na ocasião pelo filho, o também produtor Raimundo Dimas Santana Filho. Maria D’Aparecida Vilela Brito, do Sul de Minas, e Ângelo Nascimento, do Cerrado Mineiro, ficaram respectivamente em segundo e terceiro lugares.

A illycaffè definiu os 9 finalistas após análise de amostras de grãos Arábica da safra 2017/2018 nos laboratórios de qualidade em Trieste, na Itália. Embarcou essas 9 amostras para Nova York, onde um júri determinou o Best of the Best depois de avaliações em três preparações diferentes – espresso, coado e cold brew. Já a votação para o Coffee Lovers’ Choice envolveu consumidores em lojas illy pelo mundo e em uma sessão com degustações às cegas em Nova York, no dia 30 de setembro.

O anúncio dos campeões nacionais aconteceu na manhã de ontem, no Salão dos Delegados da ONU, em evento com workshop e discurso do presidente da illycaffè, Andrea Illy. De noite, a revelação das premiações máximas foi o ponto alto de uma festa de gala no Rainbow Room do Rockefeller Center.

“Da semente de uma ideia que meu pai plantou no Brasil há quase 30 anos, surgiu um movimento para propagar café de alta qualidade e sustentável pelo mundo e, com isso, melhor reconhecimento, conhecimento e bem-estar aos produtores – a parte mais importante em toda a cadeia produtiva do café”, diz Andrea Illy. “O Prêmio Internacional Ernesto Illy homenageia esse legado e as mulheres e homens que trabalham incansavelmente para dar o seu melhor ao mundo”.

O programa desenvolvido inicialmente no Brasil, atualmente denominado Prêmio Ernesto Illy de Qualidade Sustentável do Café para Espresso, formou as raízes do Prêmio Internacional Ernesto Illy. Instituído em 1991 e hoje na 28ª edição, ele direcionou a transformação da illycaffè em uma empresa que atualmente compra café de produtores capazes de atender a seus altos padrões de qualidade e os recompensa por isso, reconhecendo seu compromisso de entregar um café de excelência e de contribuir para o blend illy, único no mundo. Mais de 1.500 produtores já foram premiados. O 28º Prêmio finalizou o período de inscrições, em 14 de setembro deste ano, com 1.174 amostras inscritas, número recorde desde a primeira edição.

Sobre a illycaffè
A illycaffè (http://illy.com.br/) é uma empresa familiar italiana, fundada em Trieste em 1933, comprometida em oferecer o melhor café do mundo. É a marca de café mais global, produzindo um único blend de café espresso 100% arábica, com grãos provenientes de 9 países fornecedores, sendo o Brasil o principal. São consumidas mais de 7 milhões de xícaras de café illy por dia, em cafeterias, restaurantes, hotéis, escritórios e residências de mais de 140 países. Precursora do espresso, a illycaffè é considerada líder em ciência e tecnologia do café graças a três radicais inovações. Ao promover o primeiro Prêmio Ernesto Illy de Qualidade Sustentável do Café para Espresso, no Brasil em 1991, também foi pioneira na compra direta dos fornecedores, compartilhando know-how e pagando preços acima do mercado para quem atinge seus padrões de qualidade, em parcerias sustentadas pelos princípios do desenvolvimento sustentável. Com o objetivo de difundir a cultura do café, fundou a Università del Caffè, um centro educacional de excelência que oferece treinamento teórico e prático em todos os aspectos do café para cafeicultores, baristas, equipes de lojas de café e amantes da bebida. Tudo que é “made in illy” é realçado pela beleza e a arte, representando os valores fundamentais da marca, a começar pelo seu logo, como são as mais de 100 xícaras da renomada illy Art Collection, desenhadas por artistas internacionais. A illycaffè empregava 1.290 pessoas globalmente em 2017, quando registrou receitas consolidadas de 467 milhões de euros.

Fonte: ADS Comunicação Corporativa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *