Café conilon também é tema do VIII Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil

Imprimir

Espírito Santo é o maior produtor de café conilon do Brasil, com 78% da produção nacional, e o segundo maior produtor nacional de café (somando-se a produção de café arábica e conilon), representando cerca de 25% da produção do País.

A cafeicultura do conilon é uma das atividades mais importantes nos aspectos econômico e social no estado, representando 70% da atividade cafeeira. Por trás de todo esse sucesso, está a pesquisa, desenvolvimento e inovação gerados no decorrer da trajetória do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural – Incaper, que ganhou novo fôlego com a criação do Consórcio Pesquisa Café, em 1997. Para ter ideia do resultado do investimento em pesquisa, a produção no Estado do Espírito Santo saltou de 3,4 milhões de sacas em 1993 para 9,7 milhões de sacas na safra de 2012. O Consórcio tem a coordenação da Embrapa Café.

Nos últimos anos, o Incaper tem avançado continuamente em pesquisas para renovação e revigoramento de lavouras e também em assistência técnica e extensão rural. Para apresentar parte desse conhecimento e experiência, pesquisadores do Incaper irão participar do VIII Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil, além de professores, estudantes, representantes do cultura e demais profissionais do café no estado. Dois minicursos são destaques: “Avanços na nutrição para o café conilon”, a ser ministrado pelo pesquisador André Guarçoni Martins, e “Melhoria da qualidade e agregação de valor do café conilon”, pelo pesquisador da Embrapa Café no Incaper Aymbiré Francisco Fonseca.

Fonte: Embrapa Café

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *