Café: clima não foi ideal em algumas regiões entre agosto e outubro

Imprimir

As chuvas de agosto e setembro foram insuficientes para a abertura da primeira florada dos cafezais da próxima safra 2012 no norte de São Paulo e no sul e no cerrado de Minas, que só ocorreu a partir de outubro. Os veranicos dos meses anteriores, associado aos efeitos das geadas de junho, também prejudicaram a fase vegetativa de algumas lavouras. A avaliação é da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em seu quarto levantamento sobre a safra 2011, divulgado ontem.

Os técnicos da Conab informam, ainda, que ocorreram chuvas com granizo no norte do Espírito Santo em novembro, que derrubaram frutos em formação.

De acordo com a Conab, a previsão meteorológica para o próximo trimestre (janeiro a março) indica comportamento climatológico com igual probabilidade de chuvas para as três categorias (abaixo, normal e acima da normal) em todas as regiões produtoras. No entanto, não se afastam condições de excesso de chuva em áreas das regiões Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste, que poderão causar algum prejuízo aos cafezais.

Estoque – O estoque de café depositado nas propriedades, cooperativas e armazéns do Estado de São Paulo este mês foi estimado em 924 mil sacas de 60 kg, com desaparecimento de mais de 530 mil sacas em comparação com dados de agosto, demonstrando que o fluxo de comercialização por parte dos cafeicultores segue normalmente. Segundo a Conab, esse volume estocado é insuficiente para fazer frente às necessidades de São Paulo, maior mercado consumidor da bebida, demandando maiores importações de outros Estados para manter dentro da normalidade o suprimento do mercado paulista.

Fonte: Agência Estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *