Café cai em Nova York com mercados temendo coronavírus

Imprimir
O café arábica fechou esta quinta-feira, 30, com preços mais baixos na Bolsa de Nova York. De acordo com a Safras & Mercado, assim como no pregão anterior, os contratos até esboçaram recuperação técnica, mas voltaram ao terreno negativo.

“A apreensão nos mercados por conta do coronavírus, com a aversão ao risco levando à fuga de capitais das bolsas de futuros, contaminou o café novamente em NY. Ao menos as perdas foram menores no dia, embora o mercado siga rumando para testar a linha de US$ 1 a libra-peso”, informa.

Os contratos com entrega em março fecharam o dia a 101,50 centavos de dólar por libra-peso, com queda de 0,70 centavo ou de 0,7%. Maio fechou a 103,65 cents, com baixa de 0,60 centavo ou de 0,6%.

Fonte: Agência Safras via Canal Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *