Café arábica voltou a avançar na bolsa de Nova York

Imprimir

O café arábica voltou a avançar na bolsa de Nova York ontem, sob a influência das preocupações climáticas no Brasil (maior fornecedor mundial do grão). Os papéis com entrega em maio fecharam em elevação de 60 pontos, a US$ 1,3845 por libra-peso.

Os grãos de café já se formaram na maioria das lavouras do Brasil, mas a falta de umidade em importantes regiões produtoras do país pode afetar seu desenvolvimento ou fazer com que caiam dos pés.

Previsões da Somar Meteorologia indicam que o calor e a ausência de chuvas persistirão no Brasil pelo menos até a segunda quinzena de fevereiro. No mercado doméstico, a saca de 60,5 quilos do café de boa qualidade oscilou entre a mínima de R$ 320,00 e a máxima de R$ 340,00, de acordo com o Escritório Carvalhaes.

Fonte: Valor Econômico (Coluna Commodities Agrícolas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *