BSCA divulga lista de classificados para fase nacional do Cup of Excellence Late Harvest 2013

Imprimir

Amostras de café natural (colhido e seco com casca) de produtores brasileiros da Mogiana de São Paulo, da Mantiqueira, do Sul, do Cerrado e das Matas de Minas Gerais acabam de ser pré-selecionadas para disputarem o título de melhor grão produzido por via seca no Brasil. Tratam-se dos 140 classificados para a fase nacional do 3º Concurso de Qualidade Cafés do Brasil "Cup of Excellence Late Harvest" (a lista está disponível no site da BSCA – www.bsca.com.br). O certame atual, realizado pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Alliance for Coffee Excellence (ACE), contou com a inscrição de 275 produtores.

A partir de agora, os cafeicultores que tiveram lotes pré-selecionados enviarão suas amostras, até o dia 24 de dezembro, aos armazéns credenciados e, entre os dias 6 e 10 de janeiro de 2014, serão avaliados pelo júri nacional do “Cup of Excellence Late Harvest”. Os cafés classificados participarão da fase internacional, de 13 a 17 de janeiro, quando serão conhecidos os melhores cafés naturais do Brasil. Esses vencedores ganharão o direito de participar de disputado leilão via internet, com a participação de compradores de todo o mundo, no dia 6 de março de 2014.

No pregão do concurso passado, os 22 cafés vencedores foram negociados, gerando uma receita de aproximadamente US$ 402 mil, a uma média de US$ 6,31 por libra-peso, o que correspondeu a US$ 834,69 por saca de 60 kg. Na ocasião, esse fechamento representou alta superior a 451% sobre o fechamento do dia na Bolsa de Nova York (US$ 1,3965 por libra-peso no contrato com vencimento em maio de 2013, o mais negociado).

Ao término dos negócios, o maior lance registrado foi de US$ 18,80 por libra-peso (alta de 1.346% ante Nova York), pago pela empresa UCC Ueshima Coffee Co.,Ltd, do Japão. Esse valor equivaleu a US$ 2.486,97 pagos por cada uma das 21 sacas do Sítio São Joaquim, situado em Conceição das Pedras (MG), Sul de Minas Gerais. O lote rendeu um total de US$ 52.226,40 ao produtor Jesimar de Oliveira Sandi, vencedor do concurso destinado exclusivamente aos cafés naturais do Brasil.

ORGANIZAÇÃO E APOIO
O 3º Concurso de Qualidade Cafés do Brasil "Cup of Excellence Late Harvest" é patrocinado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), auditado pelo Centro do Comércio de Café do Estado de Minas Gerais (CCCMG) e conta com o apoio institucional da Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic), da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (CeCafé) e do Conselho Nacional do Café (CNC).

Fonte: Assessoria de Comunicação – BSCA (Paulo André Colucci Kawasaki)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *