Brasil é um dos líderes em qualidade, mas pode melhorar, diz Illy

Imprimir

O CEO da illycaffé, Andrea Illy, está no Brasil para premiação dos melhores produtores que se inscreveram em concurso anual da empresa, que está em sua 24ª edição. Ele afirmou que os cafés nacionais melhoraram muito. "O café brasileiro era visto como commodity, sem diferenciação. Produzia-se grande quantidade, sem qualidade", disse. "Hoje o Brasil é um dos líderes em qualidade no mundo", garantiu.

A illycaffè compra o produto em diversas partes do mundo, mas 50% do total vem do Brasil. "Podemos dizer que das 7 milhões de xícaras de café que vendemos diariamente no globo, metade é grão brasileiro", afirmou. A torrefadora italiana adquire, em média, 30% da produção de uma fazenda a cada safra, pela qual paga cerca de 30% a mais do que o valor do mercado. Conforme Illy, o restante da safra, 70%, também acaba sendo negociado por melhores preços do que os do mercado, já que o produtor recebe um "selo de qualidade" por ser fornecedor da illycaffé.

Ele considera que é possível melhorar ainda mais a produção de café no País. "Devemos continuar em busca da excelência e da qualidade, incentivando as melhores práticas agrícolas", ressaltou. "Podemos agregar mais valor econômico ao café e transferi-lo ao produtor", explicou. Andrea Illy é otimista com relação à demanda pelo grão. Segundo ele, o consumo tem crescimento de dois dígitos na China, em países do Oriente Médio e na Índia. O CEO da indústria argumentou que uma classe média se desenvolve no mundo e não só no Brasil. Citou, ainda, o desenvolvimento da África, cuja economia cresce cerca de 4,5% ao ano.

Fonte: Agência Estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *