Brasil e Canadá debatem cooperação técnica

Imprimir

Terminou nesta quarta-feira, 25 de janeiro, o quinto encontro do Comitê Consultivo Agrícola (CCA) Brasil-Canadá. Técnicos dos ministérios da Agricultura dos dois países estão reunidos no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), em Brasília, e em teleconferência com a capital canadense de Ottawa. A agenda trata de biotecnologia, políticas regionais e bilaterais de comércio, cooperação em política agrícola, pesquisa e tecnologia no setor agropecuário.

Brasil e Canadá são dois grandes exportadores de produtos agrícolas. O secretário de Relações Internacionais do Agronegócio do Mapa, Célio Porto, explica que os dois países são vistos como potenciais fornecedores de alimentos. “O mundo vai precisar (de alimentos) nas próximas décadas para atender à demanda de uma população que chegará a 9 bilhões, em 2050”. Ele acrescenta ainda que a crescente demanda por alimentos também será decorrente do aumento de renda nos países em desenvolvimento. “Por isso, há identificação de interesses entre os dois países na área agrícola”, conclui o secretário.

Para o vice-ministro adjunto de Agricultura canadense, Jamshed Merchant, o primeiro dia de discussão do CCA foi muito produtivo. “Ambos os países tiveram a oportunidade de discutir uma variedade de interesses agrícolas, alimentar e de comércio. E também como poderão fomentar a cooperação para avançar nesses assuntos que são tão importantes para as indústrias brasileiras e canadenses”, diz Merchant.

O Canadá ocupa a 27ª posição entre os destinos dos produtos do agronegócio brasileiro. Em 2011, as vendas para aquele país renderam US$ 849 milhões, com destaque para açúcar e café verde. No fluxo contrário, os brasileiros importaram do Canadá US$ 292 milhões. Os principais produtos importados do Canadá são trigo, rações para animais domésticos e lentilhas secas.

Fonte: Assessoria de Comunicação MAPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *