Bovespa opera em baixa seguindo os mercados internacionais

Imprimir

A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) operava no vermelho no pregão desta segunda-feira (5). Por volta das 11h30, o Ibovespa (principal índice da Bolsa paulista) tinha baixa de 2,94%, aos 54.870,48 pontos .

Os mercados internacionais têm fortes quedas influenciados pelo temor de uma recessão econômica global. As Bolsas dos EUA não abrem hoje devido a um feriado local.
 
Bolsas da Ásia

As Bolsas de Valores asiáticas fecharam em forte queda, com investidores vendendo ativos de maior risco por temores sobre a crise de dívida da zona do euro e a possibilidade de uma nova recessão nos Estados Unidos.

Dados mostraram na sexta-feira que a maior economia do mundo não gerou empregos no mês passado.

Enquanto isso, a Europa enfrenta uma série de testes políticos nesta semana, que podem prejudicar os esforços para resolver a crise de dívida e aumentar a pressão para que os governos tentem soluções mais radicais.

Banco Mundial pede economia equilibrada para a China

A China deve reequilibrar sua economia e dar mais atenção à demanda interna, especialmente com a desaceleração do crescimento nos países ricos, advertiu o presidente do Banco Mundial (Bird), Robert Zoellick.

“Me custa imaginar que a China possa seguir mantendo um crescimento dependente das exportações e dos investimentos nos próximos 10 anos”, declarou Zoellick em uma entrevista coletiva após uma visita de cinco dias ao gigante asiático.

Boletim Focus

O mercado elevou a previsão para a inflação oficial –o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo)– para este ano e para 2012 e reduziu a estimativa para crescimento do PIB (Produto Interno Bruto), segundo o boletim Focus, divulgado pelo Banco Central nesta segunda-feira (5).

A estimativa do IPCA para este ano passou de 6,31% na semana passada para 6,38% nesta semana. Para 2012, o percentual subiu de 5,20% na semana passada para 5,32% nesta semana.

Já a projeção para o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) registrou recuo pela quinta semana consecutiva passando de 3,79%, na semana passada, para 3,67% hoje na previsão para 2011. Já a expectativa para 2012 foi reduzida de 3,90% para 3,84% (segunda semana de queda).

A previsão para a taxa básica de juros, a Selic, também foi reduzida para 2011, após três semanas de estabilidade em 12,50% passou nesta semana para 12,38%. Para 2012, foi reduzida de 12,38% na semana passada para 11,88%.

Fonte: Reuters e Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *