Borra de café será utilizada no combate à dengue em Brasília

Imprimir

O combate à dengue no Lago Norte vai ganhar um novo aliado neste fim de semana: a borra de café. A Administração Regional do Lago Norte, em parceria com associações de moradores, comerciantes e voluntários, pretende aplicar o material nos possíveis focos de proliferação do mosquito transmissor.

O programa tem início na manhã deste sábado (16/4). Interessados em ajudar podem recolher a borra de café e levar ao canteiro de obras da nova sede da Quituart (Canteiro Central, altura das quadras 9/10 do Lago Norte). A construção foi embargada em 2003, deixando um buraco de três metros de profundidade.

"Queremos evitar que o local vire um criadouro de mosquitos", afirma a assessoria da Administração Regional. O segredo está na manutenção semanal do combate. O efeito do café dura apenas sete dias, antes que o material seja absorvido pelo solo. Nas obras da Quituart, a própria associação comercial dará continuidade à ação.

A eficácia do material no combate ao mosquito Aedes Aegypti foi comprovada em pesquisas recentes da Universidade Estadual Paulista (Unesp). Testes em laboratório indicam que a cafeína presente na borra impede o desenvolvimento das larvas do Aedes Aegypti, evitando assim a utilização de venenos sintéticos e mais poluentes. O mosquito transmissor, que se prolifera em locais com água limpa e parada, é afugentado pelo cheiro forte do café.

 

Correio Braziliense Online – Brasília/DF – CIDADES DF

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *