Bom momento das agrícolas impulsiona futuros do café nesta quinta-feira em NY

Imprimir

A onda de otimismo que contagiou o açúcar também envolveu o mercado de café na bolsa de Nova York, que disparou. Segundo a Dow Jones Newswires, além da queda do dólar os traders mostraram-se mais confiantes em relação ao futuro da economia chinesa, o que colaborou para o salto.

Os contratos com vencimento em março encerraram o pregão a US$ 2,1130 por libra-peso, alta de 845 pontos em relação à véspera e maior valor desde a quarta-feira da semana passada. Como no caso do açúcar, a grande erosão das cotações ocorreu na sexta-feira, devido a turbulências internacionais.

No mercado interno, o indicador Cepea/Esalq para a saca de 60 quilos do café arábica subiu 3,04%, para R$ 363,14. Neste mês de novembro, há ganhos acumulados de 3,63%.

Fonte: Valor Econômico

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *