Beber café pode diminuir risco de diabetes

Imprimir

Consumo de mais de uma chávena e meia de café por dia poderá diminuir diabetes tipo 2, de acordo com um novo estudo.

Os consumidores de café participantes num estudo realizado por investigadores gregos tiveram um risco 50% mais baixo de desenvolver diabetes tipo 2 do que aqueles que não consumiam a bebida. Os autores do estudo atribuem este facto ao efeito anti-inflamatório do café.

“Muitos estudos já revelaram que o consumo de café tem efeitos positivos e negativos para a saúde”, disse Demóstenes Panagiotakos, do departamento de Nutrição e Dietética da Universidade Harokopio, em Atenas, Grécia, responsável pelo estudo publicado na revista científica Nature’s European Journal of Clinical Nutrition.

Para chegar a estes resultados, a equipa de investigadores conduziu um estudo intensivo no estilo de vida e dieta de três mil pessoas de Atenas, com idades compreendidas entre os 18 e os 89 anos, e examinou a sua saúde entre 2001 e 2002. A mesma análise – que avaliou os níveis de proteína que assinala inflamação e mediu os níveis de antioxidantes – foi repetida uma década depois.

Os participantes foram divididos em três categorias de consumo de café: casual (menos do que uma chávena e meia por dia), habitual (mais do que uma chávena e meia por dia) e abstinentes. O segundo exame feito (dez anos depois do primeiro) mostrou que 13% dos homens e 12% das mulheres tinham desenvolvido diabetes.

Os investigadores descobriram que, comparando com os abstinentes, os indivíduos que consomem uma chávena e meia de café por dia ou mais (o grupo dos “habituais”) tinha uma percentagem 54% menos de desenvolver diabetes tipo 2, o que pode estar relacionado com os componentes antioxidantes do café.

Outros estudos já revelaram que beber café pode ter um efeito nocivo naqueles que já sofrem de diabetes, mas outros evidenciaram o papel positivo que a cafeína e os descafeinados podem ter na prevenção da doença.

O investigador responsável pelo estudo admite, no entanto, que não pode assegurar que o consumo de café por si só ajude a prevenir a diabetes, ainda que os resultados apontem para uma possível causa-efeito.

Fonte: Life&Style Bem Estar (Portugal)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *