Baianos vencem concurso de cafés especiais

Imprimir

João Lopes Araújo cobra mais apoio aos cafeicultores

Mais uma vez, um café da Chapada Diamantina venceu o Cup of Excellence – Early Harvest Brasil, concurso de cafés especiais promovido pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA). Candido Vladimir Ladeia Rosa, da Chácara Ouro Verde, em Piatã, ficou em primeiro lugar este ano, com 94,05 pontos. Essa é a segunda vez que o produtor vence a competição; a primeira foi em 2009.

As cinco primeiras posições do concurso ficaram, em 2014, com baianos, nessa ordem de classificação: Antonio Rigno de Oliveira, da Chácara São Judas Tadeu; Zora Yonara Macedo Pina Oliveira, da Chácara Tijuco; Eulino José de Novais, da Fazenda Santa Bárbara; e Simpliciano Alves Neto, da Fazenda Vista Alegre.

Eles utilizaram os cultivares Catuaí ou Catucaí, tecnologias desenvolvidas pelo Consórcio Pesquisa Café, coordenado pela Embrapa Café, cujos participantes baianos são a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) e Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA).

Estímulo local

Candido também venceu a última edição do Concurso Qualidade Cafés da Bahia, promovido pela Associação dos Produtores de Café da Bahia (Assocafe), em novembro. O presidente, João Lopes Araújo, credita o destaque que o estado tem hoje em competições de café de qualidade ao trabalho feito pela associação para estimular essa produção na Bahia, há 15 anos. "No começo, íamos com os técnicos até os produtores para orientá-los a como fazer", diz João. Ele lamenta a falta de apoio para que esse trabalho seja expandido.

Fonte: Jornal A Tarde (Juliana Brito)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *