Avanços na reciclagem de embalagens de agrotóxicos

Imprimir

Segundo análise do inpEV – instituto que representa a indústria fabricante de defensivos agrícolas para a destinação das embalagens vazias de seus produtos, 6.915 toneladas de embalagens foram corretamente destinadas no primeiro trimestre do ano. O crescimento é de 21,7% em relação ao volume retirado do campo no mesmo período de 2009 (5.683 toneladas). Ainda segundo o instituto, 94% das quase 7 mil toneladas de embalagens seguiram para reciclagem.

Os dados revelam também que os Estados que mais destinaram embalagens no trimestre foram: Mato Grosso (com 1.460 toneladas), Paraná (com 1.015 toneladas), São Paulo (com 870 toneladas), Goiás (com 834 toneladas) e Bahia (com 554 toneladas). Esses cinco Estados representam mais de 70% do volume destinado em todo o Brasil.

Destaque também para os maiores percentuais de crescimento no período, registrados nos Estados de Rondônia (437% – passou de 10 para 54 toneladas), Piauí (114% – passou de 30 para 64 toneladas), Bahia (99% – passou de 278 para 554 toneladas) Espírito Santo (56% – passou de 23 para 36 toneladas), Minas Gerais (53% – passou de 417 para 640 toneladas). As informações são de assessoria de imprensa.

Fonte: Agrolink

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *