Árabes compram 9% mais café do Brasil

Imprimir

Os países árabes aumentaram em 9% as suas compras de café brasileiro de janeiro a novembro deste ano, segundo dados do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé). O País embarcou 1,36 milhão de sacas de 60 quilos para o mercado árabe no período contra 1,24 milhão de sacas do mesmo período de 2014. A receita gerada foi de US$ 201,1 milhões, com avanço de 12% sobre os US$ 179,2 milhões dos onze primeiros meses do ano passado.

No geral, as exportações brasileiras do produto ficaram em 33,5 milhões de sacas de janeiro a novembro, volume 1% maior do que no mesmo período do ano passado. A receita cambial gerada foi de US$ 5,6 bilhões no período, 5,5% menor. Na apresentação dos dados pela Cecafé, o diretor técnico da entidade, Eduardo Heron Santos, afirmou que o Brasil caminha para superar os 36 milhões de sacas exportadas em 2015. Ele também ressaltou as vendas externas de novembro.

No mês passado, individualmente, os embarques do produto somaram 3,3 milhões de sacas, com avanço de 6,9% sobre o mesmo mês de 2014. A receita cambial gerada, porém, recuou 20,1% em igual comparação, para US$ 498,3 milhões, em função principalmente da diminuição das cotações do produto. Os preços da commodity se contraíram em novembro, em 3,3% sobre outubro, e o Cecafé citou como um dos fatores a redução das importações da China.

Apesar de estarem crescendo como importadores do café brasileiro, os países árabes não figuram individualmente como compradores do produto. Dados de janeiro a novembro, o maior importador do café produzido no Brasil foi Estados Unidos, seguido por Alemanha, Itália, Japão e Bélgica. Ainda no ranking dos dez maiores clientes estiveram Reino Unido, Turquia, Canadá, Rússia e México.

Fonte: ANBA – Agência de Notícias Brasil-Árabe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *