Apex-Brasil e BSCA renovam projeto para promoção dos cafés especiais

Imprimir

Brazil. The Coffee Nation contribui para o reforço da imagem dos produtos brasileiros em todo o mundo e posiciona o País como fornecedor de alta qualidade

A Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) assinaram a renovação do projeto setorial Brazil. The Coffee Nation, que tem foco na continuidade da promoção dos cafés especiais crus e torrados e moídos do Brasil, reforçando a imagem dos produtos nacionais em todo o mundo e posicionando o País como fornecedor de alta qualidade.

O Projeto visa, também, a expor os processos exclusivos de certificação e rastreabilidade adotados na produção brasileira de cafés especiais, evidenciando sua responsabilidade socioambiental e incorporando vantagem competitiva aos produtos brasileiros, além de demonstrar a utilização de tecnologia de ponta decorrente de pesquisas realizadas no Brasil.

Com vigência até maio de 2018, o Brazil. The Coffee Nation possui como mercados-alvo: (i) Estados Unidos, Canadá, Japão, Coreia do Sul, China/Taiwan, Reino Unido, Alemanha e Austrália para os cafés crus especiais; e (ii) Estados Unidos, China, Alemanha e Emirados Árabes Unidos para os produtos da indústria de torrefação e moagem. Esses destinos foram definidos com base nos indicadores apurados pela área de Business Intelligence da Apex-Brasil e na experiência do grupo de empresários associados à BSCA.

HISTÓRICO
A parceria da Agência com a Associação começou em 2008 e, desde então, já foram realizados quatro projetos. A adesão cresceu bastante: passou-se de 27 empresas (quando foi assinado o primeiro convênio) para as atuais 148, com progressiva ampliação do escopo de atuação. Também houve aumento exponencial do valor das exportações das empresas participantes do Projeto, que passou de US$ 8 milhões, em 2008, para US$ 622 milhões, em 2015, o que representa um crescimento de 7.675% no período.

INVESTIMENTO
O projeto atual conta com um aporte financeiro de R$ 7,9 milhões – R$ 5,5 milhões dos recursos destinados pela Apex-Brasil e R$ 2,4 milhões de contrapartida da BSCA e Associados – para a promoção dos cafés especiais do Brasil. Esses recursos serão empregados em participação nos principais eventos do setor, na realização de sessões de degustação e rodada de negócios nos mercados prioritários, do concurso de qualidade Cup of Excellence e de Origin Trip, trazendo os principais compradores do mundo para conhecerem a realidade sustentável da cafeicultura brasileira in loco. Além disso, o Brazil. The Coffee Nation tem como novidade o apoio à participação dos baristas brasileiros no campeonato mundial da categoria e o desenvolvimento de novas ferramentas de comunicação.

Segundo o presidente da BSCA, Adolfo Ferreira, investir na promoção de cafés verdes e torrados e moídos especiais do Brasil fortalece a imagem do País como origem da mais alta qualidade e posiciona o produto nacional em novos patamares. “Esse é um fato de agregação de valor a nossos cafés, os quais, a cada ano de trabalho que desenvolvemos junto à Apex-Brasil, ganham mais destaque, passando a gerar receitas e competitividade a nossos produtores, a nossas cooperativas e a nossas indústrias”, conclui.

SOBRE O PROJETO SETORIAL
O Brazil. The Coffee Nation é desenvolvido em parceria pela Associação Brasileira de Cafés Especiais e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, tendo como foco a promoção comercial dos cafés especiais brasileiros no mercado externo. O objetivo é reforçar a imagem dos produtos nacionais em todo o mundo e posicionar o Brasil como fornecedor de alta qualidade, com utilização de tecnologia de ponta decorrente de pesquisas realizadas no País.

O projeto visa, também, a expor os processos exclusivos de certificação e rastreabilidade adotados na produção nacional de cafés especiais, evidenciando sua responsabilidade socioambiental e incorporando vantagem competitiva aos produtos brasileiros. Iniciado em 2008, a vigência do atual projeto vai de maio de 2016 ao mesmo mês de 2018 e os mercados-alvo são: (i) EUA, Canadá, Japão, Coreia do Sul, China/Taiwan, Reino Unido, Alemanha e Austrália para os cafés crus especiais; e (ii) EUA, China, Alemanha e Emirados Árabes Unidos para os produtos da indústria de torrefação e moagem. As empresas que ainda não fazem parte do projeto podem obter mais informações diretamente com a BSCA, através dos telefones (35) 3212-4705 / (35) 3212-6302 ou do e-mail exec@bsca.com.br.

Fonte: Assessoria de Comunicação BSCA (Paulo André Colucci Kawasaki)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *