Alta nas cotações do café

Imprimir

A combinação entre oferta global mais justa, desvalorização do dólar e movimentos técnicos chegou a impulsionar as cotações do café ao mais elevado patamar em quase dois anos ontem na bolsa de Nova Iorque, conforme relato da agência Dow Jones Newswires.

Diante da disparada, os fundos especulativos "seguraram" suas apostas e os preços cederam um pouco, mas ainda fecharam em alta. Os contratos com vencimento em julho encerraram a sessão a US$ 1,5875 por libra-peso, ganho de 60 pontos, ao passo que setembro subiu 35 pontos, para US$ 1,5960.

O mercado doméstico para cafés finos, extrafinos e de boa qualidade permaneceu firme. Segundo o Escritório Carvalhaes, de Santos, a saca de 60,5 quilos do produto de boa qualidade saiu entre R$ 300 e R$ 315.

Fonte: Valor Econômico

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *