ABAG: produção de café na Cooxupé deve atingir 7,7 milhões de sacas em 2016

Imprimir
A Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé (Cooxupé), quinta maior cooperativa do agronegócio e maior cooperativa do setor cafeeiro, deve encerrar o ano de 2016 com produção de 7,7 milhões de sacas de 60 kg do grão, divulgou há pouco o presidente Carlos Alberto Paulino da Costa. “Graças à evolução tecnológica, o crescimento da produção da Cooxupé de 2002 a 2016 é bem superior ao crescimento da produção brasileira de café no mesmo período”, comentou Paulino, durante o 15ª Congresso Brasileiro do Agronegócio, que ocorre hoje em São Paulo.

Nos últimos 14 anos, enquanto a produção da Cooxupé cresceu 83%, a brasileira cresceu bem menos, 29%. A estimativa da Cooxupé é de que produtores de todo o Brasil devem produzir 52,7 milhões de sacas este ano.

Paulino destacou também o rendimento médio a ser alcançado pelos cooperados da Cooxupé em 2016, 31,3 sacas por hectare, ante 25 sacas por hectare obtidas, na média, pelo setor brasileiro este ano. Enquanto o crescimento da produtividade média da Cooxupé entre 2002 e 2016 foi de 104%, o da brasileira foi de 58%.

Já a área plantada por produtores da Cooxupé na safra 2016 diminui 20%, para 241 mil hectares, enquanto a área total brasileira cultivada com café caiu 15%, para 1,929 milhão de hectares, de acordo com projeção da Cooxupé para a área nacional dedicada à cultura.

Fonte: Agência Estado (Clarice Couto) via CNC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *