1º Concurso de Qualidade de Cafés Coopercam premia os vencedores

Imprimir
Com a presença de cooperados, conselheiros, colaboradores e parceiros, a Coopercam realizou, no dia 12 de dezembro, a cerimônia de premiação do 1º Concurso de Qualidade de Cafés. Com uma dinâmica diferente da maioria dos concursos nessa área, os cooperados não precisaram se inscrever: a própria Coopercam, ao receber os cafés em seus armazéns, realizou a pré-seleção de 260 amostras em duas categorias – natural e cereja descascado.

Entre os dias 4 e 5 de dezembro foi realizada a etapa classificatória, quando 30 amostras da categoria natural foram selecionadas e, desse número, 10 foram classificadas para a final e as três primeiras premiadas. Já na categoria cereja descascado foram classificadas cinco amostras e as três primeiras premiadas.

“O 1º Concurso de Qualidade de Cafés Coopercam foi um grande sucesso. Tivemos nota acima de 86 pontos, o que mostra que os cooperados estão produzindo cafés com qualidade. E o que queremos, com o esse concurso, é justamente incentivar uma produção cada vez mais especial, pois o mercado hoje está exigindo um grão superior. Nesse sentido, é uma maneira de reconhecermos e dar oportunidades a esses produtores. Com certeza, esse concurso será realizado todos os anos”, comenta Hélvio Zacaroni, gerente do Departamento de Cafés.

Trofeus 1º Concurso de Qualidade de Cafés Coopercam (800 x 533)

Etapa classificatória e essencial, a análise sensorial dos grãos esteve a cargo dos árbitros Nelmo José Tavares Ribeiro, Josué Tavares e Michelle de Oliveira Lima Miranda, e devidamente acompanhada pelo Departamento de Cafés da Coopercam.

Confira abaixo a relação correta dos vencedores do 1º Concurso de Qualidade de Cafés Coopercam:

Categoria Cereja Descascada

Colocação Nome do Produtor Pontuação Notas
1º – Doce Floral Vicente Carlos de Araújo

 

85,42 Floral, mel, acidez cítrica brilhante, corpo licoroso
2º – Frutas Tropicais Marcus Vinicius Silva 84,58 Frutas amarelas, baunilha, mel, fundo floral e acidez cítrica.
3º – Típico Caramelo Ismael Miarelli 84,17 Caramelo, acidez cítrica, corpo denso e cremoso e fundo floral
4º – Chocolate Intenso Aníbal de Souza Figueiredo 83,58 Chocolate amargo, caramelo, acidez cítrica, corpo denso e vinhoso
Adélia Nunes Neves 83,00 Mamão, caramelo intenso, acidez cítrica, corpo denso.

 

Categoria Natural

Colocação Nome do Produtor Pontuação Notas
1º – Romeu e Julieta Vanderlei Bruno Marques 86,50 Goiabada com queijo, acidez cítrica brilhante, corpo viscoso
2º – Flores Silvestres João Flogeri 86,25 Floral, erva doce, mel, picante
3º – Primavera Tropical Francisco Assis Assunção 86,17 Floral, frutas amarelas, mel, acidez cítrica, corpo licoroso
4º – Exótico Valdemar Ribeiro da Cruz 84,42 Floral, doce de leite, exótico, acidez cítrica brilhante, corpo licoroso
5º – Cremoso Guido Fidelis de Carvalho 82,25 Leite condensado, acidez cítrica, corpo denso e cremoso
6º – Café Refrescante Artur Roberto Lourenço 85,08 Frutado, menta, refrescante, açúcar mascavo
Gilson Naves Silva 85,00 Floral, mel, acidez cítrica, corpo licoroso
Achiles Magno dos Santos 84,92 Chocolate branco, acidez cítrica, corpo denso e cremoso
Aníbal de Souza Figueiredo 84,83 Mel, mamão, acidez cítrica, corpo denso
10º Maria Aparecida Rodrigues Correa 84,75 Mel, mamão, acidez cítrica, corpo denso

Fonte: Sakey Comunicação com fotos de Adrielle Moreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *