13ª edição da FEMAGRI começa nesta quarta-feira

Imprimir

A 13ª edição da FEMAGRI – Feira de Máquinas, Implementos e Insumos Agrícolas – terá início hoje (12) e vai até sexta-feira (14), das 8h às 18h, em Guaxupé, sul de Minas Gerais. A abertura oficial do evento realizado pela COOXUPÉ (Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé), será nesta quarta-feira, às 10h, com o pronunciamento do presidente da cooperativa, Carlos Alberto Paulino da Costa.

Contemplando o tema “Infraestrutura adequada reduzindo custos e agregando valor”, a feira tem como prioridade aproximar o cafeicultor das grandes oportunidades de negócios e expor as novidades do setor, visando à difusão de tecnologias e à facilitação da produção cafeeira para os seus 11.500 cooperados.

Nesta edição, a FEMAGRI mostrará a evolução das melhores práticas de produção, desde o plantio até a colheita, infraestrutura e preparo, com foco na qualidade. Assim, o cooperado tem acesso aos melhores recursos do mercado e a uma agricultura mais moderna e produtiva. “Mais de 80% dos cooperados da COOXUPÉ são pequenos produtores. A FEMAGRI tem o importante papel de mostrar o que há de mais inovador em mecanização da lavoura para este nosso público, aliando preço a qualidade para impulsionar a tecnologia no campo”, explica Carlos Paulino.

Novidades
Com a presença das mais importantes marcas do segmento, a feira será palco de grandes novidades do setor de maquinários e insumos. A meta é expor opções para que todos os produtores de café, principalmente de agricultura familiar que correspondem a 84% dos cooperados, possam investir na lavoura.

Entre os produtos que devem fazer sucesso com os cafeicultores estão o recolhedor de café, maquinário que recolhe o café do chão pós-colheita, e o terreiro rotativo (revolvedora), maquinário que faz o papel de mexer o grão de café quando ele é colocado no terreiro para secar.

FEMAGRI
A FEMAGRI foi criada em 1997 para prestar mais serviços aos produtores de café no fornecimento de máquinas e implementos agrícolas. “A evolução da feira é fruto do envolvimento de fornecedores, expositores e colaboradores que buscam resultados para nossos cooperados.

Momentos difíceis são superados com muito trabalho e confiança sem deixar de acreditar na tecnologia”, afirma José Eduardo Santos Júnior, superintendente de desenvolvimento do cooperado.

Para a 13ª edição, a estrutura do evento possui aproximadamente 140 estandes e mais de 110 expositores, divididos em 107 mil m² de área, sendo 20 mil m² cobertos. Em 2013, a feira gerou R$ 50 milhões em negócios, reunindo um público de mais de 22 mil pessoas de 248 municípios e 11 estados brasileiros.

Atrações
Um evento voltado para toda a família do cooperado. Esse é um dos motes que a FEMAGRI contempla. Para isso, há o espaço denominado Fazendinha, cuja uma das principais atrações deste ano será a Princesinha, a menor vaca do país certificada pelo RankBrasil.

Na Fazendinha, toda a família receberá orientações para adequar suas propriedades nos diversos cenários, entre eles, as exigências legais e trabalhistas e o novo Código Florestal. Ainda neste espaço, haverá uma estrutura da Cooxupé para mostrar ao cafeicultor os impactos da qualidade da bebida do café, além da importância da análise de solo – recurso que pode gerar ao produtor uma economia de 20% no investimento de fertilizantes.

A nutrição animal também será abordada junto aos visitantes. “A Fazendinha é um modelo de como a propriedade rural deve ser. Outro ponto importante que vamos orientar o produtor é a granelização de fertilizantes e de café, o que sem dúvidas traz mais economia em termos de mão-de-obra ao cafeicultor”, afirma Elmo Donizetti de Cístolo, gerente de planejamento, administração e serviços da COOXUPÉ.

Criatividade em ação
Ainda na Fazendinha da FEMAGRI, haverá o espaço ”Produtor Criativo”, contendo invenções e soluções feitas na própria propriedade e que facilitam a vida do cafeicultor. Entre as engenhocas, há uma motocicleta multifuncional que faz o trabalho de um pulverizador, roçador, carretinha e adubador.

Sobre a Cooxupé
Com mais de 80 anos de história, a Cooxupé possui mais de 11 mil cooperados – 84% deles pequenos produtores que vivem da agricultura familiar –, e recebe café produzido em mais de 200 municípios de sua área de ação. São produtores de café do Sul de Minas, Cerrado Mineiro e também do estado de São Paulo.

Pensando na diversificação de seus negócios, a Cooxupé também possui projetos como torrefação própria, auxilio na produção e comercialização de milho, fábrica de rações, laboratórios para análise do solo, geoprocessamento, entre outros investimentos. Além disso, a cooperativa vem, ao longo dos anos, ampliando mercados como o de cafés especiais e certificados.

13ª Edição da Femagri
12 a 14 de fevereiro de 2014
Horário: 8h às 18h
Local: Av. Vereador Nelson Elias, 1300b. Bairro Japy – Guaxupé/MG
Expositores: 110
Estandes: 140
Área total: 107.000m²
Área coberta: 20.000m²
Público estimado: mais de 20.000 visitantes
Volume de negócios da 12ª edição: R$ 50 milhões
Mais informações: http://imprensafemagri.blogspot.com.br/

Fonte: Phábrica de Ideias – Assessoria de Imprensa Cooxupé

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *